Notícias

COVID-19 | Sintra mantém desinfeção de espaços, viaturas e edifícios

A Câmara Municipal de Sintra mantém ativos os serviços de lavagem e desinfeção do espaço público, de viaturas diversas e edifícios. Estas ações estão incluídas num conjunto de medidas para prevenção e combate ao surto de COVID-19.

COVID-19 | Sintra desce nível de risco para risco elevado

O Concelho de Sintra desceu de nível de risco muito elevado para risco elevado, desde esta quarta-feira, após a verificação da descida de novos caso por Covid-19.

A lista atualizada, em vigor até dia 23 de dezembro, foi aprovada pelo Governo, no passado sábado, e aponta agora para 35 concelhos em risco extremamente elevado, 78 concelhos em risco muito elevado, 92 concelhos em risco elevado e 73 concelhos com risco moderado.

Esta lista compreende a divisão dos concelhos de Portugal Continental por quatro escalões de risco: risco moderado com menos de 240 casos por 100 mil habitantes, risco elevado com 240 a 480 casos por cada 100 mil habitantes (no qual Sintra se encontra), risco muito elevado (480 a 960 por 100 mil habitantes) e extremamente elevado (mais de 960 por 100 mil habitantes).

As medidas decretadas e que que passam, a partir de hoje, a estar em vigor no Concelho de Sintra e nos restantes concelhos inseridos no escalão "risco elevado" são:

  • Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
  • Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
  • Manutenção dos horários dos estabelecimentos (22h00, com exceção de restaurantes e equipamentos culturais às 22h30);
  • Teletrabalho: Desde que as funções em causa o permitam, o trabalhador disponha de condições para as exercer e não estejam em causa serviços essenciais.
  • O teletrabalho é obrigatório para as empresas que laborem neste Concelho e para os trabalhadores que residam ou trabalhem neste Concelho.

COVID-19 | Sintra mantém desinfeção de espaço público, edifícios e viaturas

A Câmara Municipal de Sintra mantém ativos os serviços de desinfeção de viaturas, edifícios e espaço público de forma a reduzir o risco de contágio por COVID-19.

Os serviços técnicos da autarquia dão continuidade à desinfeção e higienização de viaturas, edifícios e espaço público. Até ao momento, estas equipas já procederam à lavagem e desinfeção de mais de 2271 km de espaço público, nomeadamente de faixas de rodagem, passeios, mobiliário urbano, contentorização, paragens e autocarros.

No que respeita à desinfeção de viaturas, de abril até à presente data já se contabilizaram 3569 viaturas higienizadas e desinfetadas. Este é um serviço da autarquia que presta apoio adicional às forças de segurança, táxis, entidades de resposta social e Corporações de Bombeiros dos concelhos de Sintra e Amadora, entre outros.

Foram ainda realizadas 1723 intervenções de desinfeção em edifícios, como: edifícios públicos, esquadras, mercados, escolas, creches, lares, residenciais, casas de repouso, centros de dia, cemitérios, empresas, etc.

Estas intervenções decorrem no âmbito da implementação, no município de Sintra, do Plano Contingência para a COVID-19, através do qual se pretende acompanhar a evolução da propagação do Coronavírus, antecipando e atuando com medidas preventivas garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como apoiar as populações.

COVID-19 | Autarquia mantém desinfeção de espaços e veículos

A Câmara Municipal de Sintra mantém ativos os serviços de desinfeção do espaço público, viaturas diversas e edifícios de forma a reduzir o risco de contágio por COVID-19.

Até ao momento, os serviços técnicos especializados da autarquia já contabilizaram 3512 viaturas desinfetadas e higienizadas, de entre as quais viaturas afetas à autarquia, PSP, GNR, Instituições de Solidariedade Social, ambulâncias e outras viaturas de emergência de Corporações de Bombeiros dos concelhos de Sintra e Amadora, entre outros.

De salientar que, adicionalmente ao serviço de desinfeção de viaturas, a autarquia continua a disponibilizar a forças de segurança e emergência kits de material de proteção que incluem batas, fatos completos, óculos, luvas, máscaras, tapas pés, etc.

No que respeita ao espaço público, estas equipas já procederam à lavagem e desinfeção de mais de 2240 km, que incluem faixas de rodagem, passeios, mobiliário urbano, contentorização e paragens de autocarros, etc, privilegiando os locais de grande concentração pessoas.

Foram ainda realizadas mais de 1700 intervenções de desinfeção em edifícios, de entre os quais edifícios públicos, esquadras, mercados, escolas, creches, lares, residenciais, casas de repouso, centros de dia, cemitérios, empresas, entre outros.

Estas intervenções decorrem da implementação do Plano Contingência para a COVID-19, com o objetivo de acompanhar a evolução da propagação do Covid-19, antecipando e atuando com medidas preventivas garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como apoiar as populações.

COVID-19 | Sintra mantém apoio às Corporações de Bombeiros do concelho

A Câmara Municipal de Sintra continua a apoiar as Corporações de Bombeiros do concelho com a entrega de material de proteção individual e o serviço de lavagem e desinfeção de viaturas, num investimento superior a 680 mil euros.

Este investimento insere-se na estratégia adotada pela autarquia para reduzir o risco de contágio e combater a propagação do Covid19.

No que concerne à distribuição de material de proteção individual às corporações dos bombeiros do concelho, até ao momento, a autarquia de Sintra já disponibilizou mais de 17 700 batas, cerca de 31 400 cobre pés e mais de 12 400 cobre botas, cerca de 22 700 toucas e de 7 500 fatos completos, 171 000 luvas, mais de 10 940 máscaras FFP2 e de 147 000 máscaras cirúrgicas, mais de 1 700 viseiras de 4 550 óculos com proteção lateral.

Recorde-se que no mês de junho, a Câmara Municipal de Sintra atribuiu um apoio extraordinário de 225 mil euros às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do concelho, para fazer face às despesas associadas ao combate da pandemia Covid-19 e à diminuição acentuada no transporte de doentes não urgentes o que, por conseguinte, leva uma quebra na faturação destas Associações.

Câmara de Sintra mantém monitorização da Vespa Asiática

A Câmara Municipal de Sintra tem vindo a efetuar a monitorização da Vespa Asiática, com o objetivo de controlar e vigiar a presença desta espécie em toda a área do concelho. Procedendo, através de uma equipa especializada, à rápida identificação e remoção dos ninhos. 

A Vespa Asiática (Vespa velutina nigrithorax) é uma espécie exótica invasora oriunda do sudeste asiático, que chegou ao norte de Portugal em 2011. É uma espécie predadora de outros insetos polinizadores, entre os quais as abelhas, causando graves prejuízos para a apicultura, provoca desequilíbrio ecológico, devido à diminuição das populações de insetos polinizadores, bem como prejuízos na agricultura, por diminuição da polinização. É na primavera que esta espécie de vespa velutina constrói os seus ninhos, de grandes dimensões, preferencialmente em pontos altos e isolados.

A Vespa Asiática constitui um risco para a saúde pública, ainda que esta não seja mais agressiva que a espécie europeia. Se a Vespa Asiática sentir os seus ninhos ameaçados reage de modo muito agressivo, incluindo perseguições que podem ser feitas por centenas de metros. Por essa razão, só os profissionais especializados devem intervir junto desta espécie.

A Câmara Municipal de Sintra solicita, no entanto, a colaboração fundamental de todos os cidadãos. Se observar vespas ou ninhos, ainda que não tenha a certeza de que se trate desta espécie, deve preencher o formulário disponível no site da autarquia e, sempre que possível, anexar fotografias dos mesmos. Adicionalmente, poderá também contactar:

Proteção Civil de Sintra – 219 105 880 | 800 21 11 13

SOS Ambiente – 808 200 520

SEPNA – Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR – 217 503 080

Poderá, ainda, reportar o avistamento através da plataforma  STOPVespa criada para auxiliar na identificação e controlo da vespa asiática em Portugal Continental. Através da georreferenciação online dos avistamentos e dos ninhos desta espécie exótica invasora, esta ferramenta contribui para a comunicação entre a população, os técnicos dos municípios e a administração central.

Covid-19 | Renovação do Estado de Emergência

O Governo anunciou este sábado novas medidas do estado de emergência, que entra em vigor às 00h00 de terça-feira, dia 24 de novembro, até às 23h59 de 8 de dezembro. A proibição da circulação entre concelhos, a suspensão das aulas e a divisão do país em quatro níveis de risco são algumas delas.

Foi ainda determinada a suspensão das atividades letivas nas vésperas de feriado de 30 de novembro e 7 de dezembro e haverá tolerância de ponto na Função Pública.

Principais medidas:

  • Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
  • Proibição de circulação entre concelhos entre as 23h00 de 27 novembro e as 05h00 de 2 dezembro e entre as 23h00 de 4 dezembro e as 05h00 de 9 dezembro;
  • Suspensão das atividades letivas a 30 novembro e 7 dezembro;
  • Tolerância de ponto a 30 de novembro e 7 de dezembro. Apelo a entidades privadas para dispensa de trabalhadores a 30 de novembro e 7 de dezembro.

Criação de quatro níveis de risco:

Risco extremamente elevado – com mais de 960 casos por 100 mil habitantes (47 concelhos). 

Risco muito elevado – com mais de 480 e menos de 960 casos por 100 mil habitantes (80 concelhos), no qual de insere o concelho de Sintra.

Risco elevado – com mais de 240 e menos de 480 casos por 100 mil habitantes, (86 concelhos). 

Risco moderado – com menos de 240 casos por 100 mil habitantes (65 concelhos).

Nos concelhos de risco muito elevado as medidas são as seguintes:

  • Proibição de circulação na via pública entre as 23h00 e as 05h00 nos dias de semana;
  • Proibição de circulação na via pública aos sábados e domingos entre as 13h00 e as 05h00;
  • Proibição de circulação na via pública nos dias 1 e 8 de dezembro entre as 13h00 e as 05h00;
  • Nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro, os estabelecimentos comerciais devem encerrar às 15h00; 
  • Ação de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório.

Veja aqui o documento com todas as novas medidas.

Mais informação AQUI.

COVID-19 | Autarquia mantém desinfeção de veículos, edifícios e espaço público

A Câmara Municipal de Sintra continua a efetuar os serviços de lavagem e descontaminação de veículos e edifícios, numa medida implementada para a prevenção e combate ao surto de COVID-19.

Desde abril, e até ao momento, os serviços municipais já procederam à desinfeção de mais de 3400 viaturas. Este serviço prestado pela autarquia encontra-se, adicionalmente, ao dispor das forças de segurança, táxis, entidades de resposta social e Corporações de Bombeiros dos concelhos de Sintra e Amadora, entre outros.

O protocolo de descontaminação de veículos de emergência segue regras específicas e garante que os veículos ficam aptos para voltar ao serviço, mantendo assim a segurança do transporte de doentes, para trabalhadores e paciente.

De salientar que, adicionalmente ao serviço de desinfeção de viaturas, a autarquia continua a disponibilizar às forças de segurança e emergência kits de material de proteção individual e de higienização.

No que concerne ao espaço público, os serviços da autarquia já procederam à lavagem e desinfeção de 2225 km, que incluem faixas de rodagem, passeios, mobiliário urbano, contentorização e paragens de autocarros, etc, privilegiando os locais de grande concentração pessoas.

Foram ainda realizadas mais de 1640 intervenções de desinfeção em edifícios, de entre os quais edifícios públicos, esquadras, mercados, escolas, creches, lares, residenciais, casas de repouso, centros de dia, cemitérios, empresas, entre outros.

Estas intervenções decorrem da implementação do Plano Contingência para a COVID-19, com o objetivo de acompanhar a evolução da propagação do Covid-19, antecipando e atuando com medidas preventivas garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como apoiar as populações.

COVID-19 | Sintra isenta comércio, hotelaria e restauração do pagamento de taxas

O presidente da Câmara Municipal de Sintra decidiu que o setor da hotelaria, comércio e restauração do concelho ficarão isentos do pagamento de taxas municipais a partir do próximo mês de dezembro.

Esta medida resulta da enorme importância de fomentar a atividade económica com a plenitude possível, face à atual situação de pandemia, sendo para isso determinante a manutenção dos anteriores hábitos de consumo, embora sem nunca perder de vista as limitações inerentes à proteção da saúde pública.

Basílio Horta, presidente da autarquia, referiu que esta é uma primeira medida de um pacote que o município está a preparar como forma de resposta à crise provocada pela Covid-19. “Estamos a trabalhar num conjunto de medidas de apoio dirigidas ao pequeno comércio e à restauração, além das já tomadas há dois meses. Trata-se, portanto, de um segundo fundo de emergência empresarial", explicou o autarca.

A atual situação comporta para o setor empresarial dificuldades acrescidas, sobretudo num período habitualmente caracterizado por um consumo mais acentuado, motivado pela aproximação da quadra natalícia, durante a qual costumam ser gerados rendimentos que em muito contribuem para a viabilidade de muitas empresas, o que este ano, muito provavelmente, não sucederá ou que pelo menos terá uma expressão mais reduzida.

Assim, a autarquia, justificando a adoção das iniciativas que veiculem um auxílio efetivo às diversas atividades económicas, decidiu ainda isenção de taxas relativamente a eventos e obras de manifesto e relevante interesse municipal.

Leia AQUI o despacho.

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image
Image
Image