Notícias

COVID-19 | ONU destaca Sintra por medidas inovadoras no combate ao surto

Sintra é um dos cinco municípios portugueses a ter lugar de destaque num documento divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU) sobre implementação de medidas consideradas inovadoras e recomendadas no combate à COVID-19 em áreas urbanas.

O município de Sintra, a par de Lisboa, Porto, Braga e Vila Nova de Famalicão, integra o capítulo de “Políticas e soluções inovadoras para proteção equitativa e recuperação da COVID-19 em configurações urbanas” pelas medidas de apoio ao pagamento de rendas que permitiram o apoio direto a mais de 1600 famílias.

A distinção foi publicada, esta quarta-feira, num documento intitulado de “COVID-19 num mundo urbano” que apresenta um conjunto de medidas a serem seguidas por cidades de todo o mundo, com recomendações de máxima cooperação entre governos locais e nacionais.

As medidas recomendadas são divididas em três áreas principais: desigualdades e défices de desenvolvimento; capacidades dos governos locais e recuperação económica resiliente, inclusiva e ecológica.

A lista integra ainda exemplos de Barcelona, Londres, Nova Iorque, México e Toronto, entre outras, e surge pela necessidade de repensar e transformar as cidades como resposta à realidade da COVID-19 e a possíveis pandemias futuras, a uma melhor recuperação com cidades mais resilientes, inclusivas e sustentáveis.

Pode consultar as medidas e apoios implementados até ao momento pela autarquia de Sintra AQUI.

COVID-19 | Equipas multidisciplinares já apoiaram mais de 1900 pessoas

São já mais de 1900 as pessoas contactadas pelas equipas multidisciplinares, formadas pela Câmara Municipal de Sintra, que se dedicam inteiramente ao apoio a casos ativos de COVID-19 no concelho.

A formação de 6 equipas multidisciplinares permitiu que, desde o início de julho, tenham sido realizadas cerca de 750 visitas a agregados familiares, o que corresponde a um apoio direto a mais de 1900 pessoas.

Estas equipas - constituídas por enfermeiros, técnico de ação social, proteção civil e um elemento da junta de freguesia da área de residência - realizam visitas domiciliárias com o intuito de entender quais as necessidades de saúde e sociais dos casos sinalizados pelas autoridades de saúde, para o cumprimento eficaz e efetivo do confinamento necessário para a quebra de transmissão do novo coronavírus. Neste trabalho de proximidade são entregues pelas equipas, em todas as visitas, máscaras cirúrgicas e gel desinfetante para que o cidadão, ainda que em confinamento obrigatório, reduza todos os riscos de transmissão

Estas visitas permitiram gerar: mais de 100 pedidos de apoio alimentar, 12 pedidos de apoio para medicamentos, mais de 20 pedidos de apoio económico e ainda mais de 15 pedidos de habitação de emergência.

Na retaguarda de toda esta operação está ainda uma equipa - composta por técnicos da Segurança Social e da Câmara Municipal de Sintra - que recebem, avaliam e encaminham, diariamente, os relatórios com os diversos pedidos de apoio para intervenção imediata.

A autarquia de Sintra irá continuar a acompanhar a evolução da propagação da COVID-19, antecipando e atuando com novas medidas preventivas, caso seja necessário, garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como o apoio à população.

Acesso ao perímetro da Serra de Sintra condicionado

ATUALIZAÇÃO | SERRA DE SINTRA REABRE TEMPORARIAMENTE ESTA SEXTA-FEIRA

O perímetro da Serra de Sintra, que se encontra condicionado desde as 00h00 de dia 30 de julho (quinta-feira) e até às 23h59 de dia 2 de agosto (domingo), é reaberto temporariamente até às 23h59 desta sexta-feira (31 de julho) devido à redução de risco de incêndio para MODERADO.

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra das 00h00 de dia 30 de julho (quinta-feira) e as 23h59 de dia 2 de agosto (domingo). Medidas que podem ser prolongadas ou agravadas caso se mantenha a situação de risco de incêndio elevado ou superior. 

A decisão surge na sequência de:

  1. Estar em vigor o Estado de Alerta Especial Nível LARANJA, do SIOPS para o DECIR, no distrito de Lisboa. Enquanto se prevê para o concelho de Sintra o Risco de Incêndio Rural ELEVADO;
  2. Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  3. Estão reunidas as condições para que sejam fechadas as cancelas, sem dependência de prévia determinação ou Despacho, uma vez que o IPMA prevê o Risco de Incêndio Elevado (Proposta n.º 279 P/2020 de 28 de abril); 
  4. Estão conjugadas as condições meteorológicas, segundo a metodologia aprovada pela Câmara Municipal de Sintra por unanimidade, que implicam acionar a interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  5. O Grupo de Risco ter dado parecer favorável, por unanimidade, à interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  6. Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  7. Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Perímetro da Serra de Sintra encerrado até 28 de julho

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou hoje a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra até às 23h59 de 28 de julho.

A medida surge na sequência da decisão conjunta dos Ministros da Defesa Nacional, Administração Interna, Ambiente e Ação Climática e Agricultura de declarar a situação de alerta entre as 00h00 de 27 de julho 2020 até às 23h59 de 28 de julho 2020, para todos os distritos de Portugal.

O perímetro da Serra de Sintra, que já se encontrava condicionado até às 23h59 de 28 de julho, fica desta forma encerrado passando a vigorar a proibição de acesso, circulação e permanência no seu interior.

A decisão surge da necessidade de proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil e preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

Acesso ao perímetro da Serra de Sintra condicionado

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra das 00h00 de dia 26 de julho (domingo) e as 23h59 de 28 de julho (terça-feira). Podendo esta interdição ser prolongada caso se mantenha a situação de risco de incêndio elevado ou superior. 

A decisão surge na sequência de:

  1. Estar em vigor o Estado de Alerta Especial Nível LARANJA, do SIOPS para o DECIR, no distrito de Lisboa. Enquanto se prevê para o concelho de Sintra o Risco de Incêndio Rural MUITO ELEVADO [nos dias 26 e 27] e  ELEVADO [dia 28];
  2. Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  3. Estão reunidas as condições para que sejam fechadas as cancelas, sem dependência de prévia determinação ou Despacho, uma vez que o IPMA prevê o Risco de Incêndio Elevado (Proposta n.º 279 P/2020 de 28 de abril); 
  4. Estão conjugadas as condições meteorológicas, segundo a metodologia aprovada pela Câmara Municipal de Sintra por unanimidade, que implicam acionar a interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  5. O Grupo de Risco ter dado parecer favorável, por unanimidade, à interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  6. Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  7. Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

No perímetro florestal da Serra de Sintra passa a vigorar: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal.  Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (todos os veículos titulares de alvará emitido pelo IMT que realizam o transporte de passageiros), veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

De forma a melhorar a mobilidade e a responder às necessidades de quem visita Sintra, a Câmara Municipal de Sintra informa que é disponibilizado transporte gratuito dos dois parques de estacionamento periféricos, localizados na Portela de Sintra e na Cavaleira, para a estação de comboios de Sintra. Já na estação de comboios, terá acesso aos serviços de ligação aos pontos de interesse turístico da região.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Acesso ao perímetro da Serra de Sintra condicionado

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra entre as 00h00 de dia 22 de julho (quarta-feira) e as 23h59 de 25 de julho (sábado).

A decisão surge na sequência de:

  1. Estar em vigor o Estado de Alerta Especial Nível AMARELO, do SIOPS para o DECIR, no distrito de Lisboa. Enquanto se prevê para o concelho de Sintra o Risco de Incêndio Rural ELEVADO [nos dias 22 e 23] e MUITO ELEVADO [24 e 25];
  2. Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até ao dia 30 de setembro];
  3. Estão reunidas as condições para que sejam fechadas as cancelas, sem dependência de prévia determinação ou Despacho, uma vez que o IPMA prevê o Risco de Incêndio Elevado (Proposta n.º 279 P/2020 de 28 de abril); 
  4. Estão conjugadas as condições meteorológicas, segundo a metodologia aprovada pela Câmara Municipal de Sintra por unanimidade, que implicam acionar a interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  5. O Grupo de Risco ter dado parecer favorável, por unanimidade, à interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  6. Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  7. Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

No perímetro florestal da Serra de Sintra passa a vigorar: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal.  Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (todos os veículos titulares de alvará emitido pelo IMT que realizam o transporte de passageiros), veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

De forma a melhorar a mobilidade e a responder às necessidades de quem visita Sintra, a Câmara Municipal de Sintra informa que é disponibilizado transporte gratuito dos dois parques de estacionamento periféricos, localizados na Portela de Sintra e na Cavaleira, para a estação de comboios de Sintra. Já na estação de comboios, terá acesso aos serviços de ligação aos pontos de interesse turístico da região.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Perímetro da Serra de Sintra encerrado até 21 de julho

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra até às 23h59 de 21 de julho, prolongando a interdição imposta desde 17 de julho e que terminava este domingo às 23h59. No perímetro da Serra de Sintra passa a vigorar: proibição de acesso, circulação e permanência no interior e a permanência de pessoas.

A decisão surge na sequência de:

  • Foi declarada a SITUAÇÃO DE ALERTA FACE AO RISCO DE INCÊNDIO RURAL. A Situação de Alerta abrange o período compreendido entre as 00h00 horas do dia 17 de julho e as 23h59 horas do dia 21 de julho.
  • Está em vigor o Estado de Alerta Especial;
  • Estamos no Período Crítico de Incêndios Rurais (até ao dia 30 de setembro);
  • O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para o dia:

20 de julho | Temperaturas entre os 17,1 graus (mínima) e os 27,6 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 51.8 % (mínima) e os 96.1 % (máxima) Vento Moderado – Norte;
21 de julho | Temperaturas entre os 16,6 graus (mínima) e os 27,5 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 50,9 % (mínima) e os 87.9 % (máxima) Vento Moderado – Norte.

  • Estão reunidas as condições para que sejam fechadas as cancelas, sem dependência de prévia determinação ou Despacho, uma vez que o IPMA prevê o Risco de Incêndio Elevado (Proposta n.º 279 P/2020 de 28 de abril);
  • Estão conjugadas as condições meteorológicas, segundo a metodologia aprovada pela Câmara Municipal de Sintra por unanimidade, que implicam acionar a interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  • O Grupo de Risco ter dado parecer favorável, por unanimidade, à interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.


Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Perímetro da Serra de Sintra Encerrado

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra entre 17 de julho de 2020 e as 23h59 do dia 19 de julho de 2020.

A decisão surge na sequência de:

  • Foi declarada a SITUAÇÃO DE ALERTA FACE AO RISCO DE INCÊNDIO RURAL. A Situação de Alerta abrange o período compreendido entre as 00h00 horas do dia 17 de julho e as 23h59 horas do dia 19 de julho.
  • Está em vigor o Estado de Alerta Especial Nível LARANJA, do SIOPS para o DECIR, no distrito de Lisboa, enquanto se prevê para o Concelho de Sintra o Risco de Incêndio Rural Elevado e Muito Elevado entre o dia 17 e dia 21 de julho (terça-feira);
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais (até ao dia 30 de setembro);
  • O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para o dia:

 - 17 de julho | Temperaturas entre os 20,4 graus (mínima) e os 31,7 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 41.2 % (mínima) e os 71.3 % (máxima) e vento Fraco Norte;

- 18 de julho | Temperaturas entre os 18,1 graus (mínima) e os 31 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 43% (mínima) e os 94.2 % (máxima), Vento Fraco – Norte;

- 19 de julho | Temperaturas entre os 16,9 graus (mínima) e os 25,7 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 54.4 % (mínima) e os 99 % (máxima) Vento Fraco – Oeste;

- 20 de julho | Temperaturas entre os 17,1 graus (mínima) e os 27,6 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 51.8 % (mínima) e os 96.1 % (máxima) Vento Moderado – Norte;

- 21 de julho | Temperaturas entre os 16,6 graus (mínima) e os 27,5 graus (máxima), com um nível de humidade relativa entre 50,9 % (mínima) e os 87.9 % (máxima) Vento Moderado – Norte.

  • Estão reunidas as condições para que sejam fechadas as cancelas, sem dependência de prévia determinação ou Despacho, uma vez que o IPMA prevê o Risco de Incêndio Elevado (Proposta n.º 279 P/2020 de 28 de abril); 
  • Estão conjugadas as condições meteorológicas, segundo a metodologia aprovada pela Câmara Municipal de Sintra por unanimidade, que implicam acionar a interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  • O Grupo de Risco ter dado parecer favorável, por unanimidade, à interdição de trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra;
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

 

Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.


Resposta a situação de perigo de incêndio na Serra de Sintra | Acessos Interditos

Atendendo às condições meteorológicas adversas verificadas e ao elevado risco de incêndio florestal foram hoje ativadas as 6 cancelas existentes no perímetro florestal sul da Serra de Sintra. A situação mantém-se até às 23h59 de 17 de julho (sexta-feira).

A seis cancelas existentes, colocadas nos locais indicados na proposta 279/-P/2020, estão acionadas, e estes acessos mantém-se encerrados enquanto se mantiver a situação de risco de incêndio elevados.

Zonas de acesso interdito por cancelas:

  • Cruzamento da Azóia;
  • Caminho da Urca / Pedras Irmãs;
  • Cruzamento dos Capuchos - acesso ao Monge;
  • Cruzamento dos Capuchos - acesso ao cruzamento da Portela;
  • Cruzamento da Portela - acesso ao cruzamento dos Capuchos;
  • Cruzamento da Portela - acesso à Azóia.

A passagem nestes locais está interdita (exceto a veículos de emergência, proteção civil e entidades que integrem esse sistema).

Encontram-se reforçados e no terreno os meios de proteção civil, militares e forças de segurança.

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image
Image
Image