Notícias

COVID-19 | Plano de desconfinamento

O Governo prossegue a estratégia gradual de levantamento de medidas de confinamento e decidiu a reabertura, no dia 5 de abril, de diversas atividades.

Na 2ª fase do plano as escolas do 2º e 3º ciclo retomam aulas presenciais, as esplanadas podem abrir com mesas até 4 pessoas e o comércio de rua volta a receber clientes dentro das lojas.

Principais medidas:

  • retoma do 2.º e 3.º ciclo do ensino básico nos estabelecimentos de ensino públicos, particulares e cooperativos e do setor social e solidário; 
  • abertura centros de atividades de tempos livres e centros de estudo e similares;
  • abertura de equipamentos sociais na área da deficiência e de centros de dia de apoio às pessoas idosas;
  • os estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços em estabelecimentos abertos ao público, com menos de 200 m2 e porta para a rua;
  • abertura de museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos bem como de galerias de arte e salas de exposições;
  • abertura de estabelecimentos de restauração para serviço em esplanadas, com um limite de 4 pessoas por grupo. Estes estabelecimentos devem encerrar às 22h30 durante os dias de semana e às 13h00 aos sábados, domingos e feriados;
  • permite-se o funcionamento de feiras e mercados, por decisão municipal;
  • atividade física em ginásios e academias, sem aulas de grupo;
  • prática de atividade física ao ar livre, em grupos de até 4 pessoas.

Leia o comunicado na íntegra AQUI

COVID-19 | Sintra mantém ativos serviços de desinfeção e higienização

A Câmara Municipal de Sintra continua a efetuar os serviços de lavagem e descontaminação do espaço público, veículos e edifícios, numa medida implementada para a prevenção e combate ao surto de Covid-19.

Os serviços técnicos da autarquia estão a dar continuidade aos trabalhos de desinfeção e higienização de viaturas, edifícios e espaço público.

No que respeita à desinfeção de viaturas, contabilizam-se mais de 4.900 viaturas higienizadas e desinfetadas. Este é um serviço da autarquia que presta apoio adicional às forças de segurança, táxis, entidades de resposta social e Corporações de Bombeiros dos concelhos de Sintra e Amadora, entre outros.

Foram ainda realizadas cerca de 2.450 intervenções de desinfeção em edifícios públicos, esquadras, mercados, escolas, creches, lares, residenciais, casas de repouso, centros de dia, cemitérios, empresas e outros.

Até ao momento, estas equipas já procederam à lavagem e desinfeção de mais de 2.650 km de espaço público, privilegiando locais de grande concentração de pessoas.

Estas intervenções decorrem no âmbito da implementação, no município de Sintra, do Plano Contingência para a Covid-19, através do qual se pretende acompanhar a evolução da propagação do Coronavírus, antecipando e atuando com medidas preventivas garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como apoiar as populações.

Recuperação da área ardida da Serra da Carregueira concluída

A Câmara Municipal de Sintra terminou os trabalhos de recuperação da área ardida na Serra da Carregueira.

Os cerca de 51 hectares destruídos por um incêndio foram intervencionados, pela autarquia. Procedeu-se à remoção da vegetação queimada, à execução de faixas de proteção e à plantação de 6 mil espécimes autóctones da nossa flora, entre as quais: sobreiros; folhados, pilriteiros, medronheiros e loureiros.

Recorde-se que a Serra da Carregueira é uma das manchas verdes de maior expressão no concelho de Sintra que urge preservar e cujo uso deverá ser potenciado de forma a garantir o usufruto e a proteção dos recursos naturais deste lugar.

Adicionalmente, a Câmara de Sintra iniciou os trabalhos da requalificação do Parque Municipal Florestal da Serra da Carregueira Sub-Fase 1, um investimento no valor de 1 milhão e 600 mil euros, que contempla mais de 20 hectares junto da localidade urbana de Belas.

COVID-19 | Sintra mantém serviços de desinfeção

A Câmara Municipal de Sintra continua a efetuar os serviços de lavagem e descontaminação do espaço público, veículos e edifícios, numa medida implementada para a prevenção e combate ao surto de Covid-19.

Os serviços técnicos da autarquia estão a dar continuidade aos trabalhos de desinfeção e higienização de viaturas, edifícios e espaço público. No que respeita à desinfeção de viaturas, contabilizam-se mais de 4.800 viaturas higienizadas e desinfetadas. Este é um serviço da autarquia que presta apoio adicional às forças de segurança, táxis, entidades de resposta social e Corporações de Bombeiros dos concelhos de Sintra e Amadora, entre outros.

Foram ainda realizadas cerca de 2.400 intervenções de desinfeção em edifícios públicos, esquadras, mercados, escolas, creches, lares, residenciais, casas de repouso, centros de dia, cemitérios, empresas e outros.

Até ao momento, estas equipas já procederam à lavagem e desinfeção de mais de 2.600 km de espaço público, privilegiando locais de grande concentração de pessoas.

Estas intervenções decorrem no âmbito da implementação, no município de Sintra, do Plano Contingência para a Covid-19, através do qual se pretende acompanhar a evolução da propagação do Coronavírus, antecipando e atuando com medidas preventivas garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como apoiar as populações.

COVID-19 | Sintra mantém interdição das praias

A Câmara Municipal de Sintra decidiu proibir a frequência e fruição das praias do concelho, com vista à contenção da propagação da nova vaga de Covid-19 que se encontra em curso.

A frequência das praias e areais gera, habitualmente e com particular destaque para a estação que se aproxima, uma significativa aglomeração de pessoas com um elevado risco de contágio que importa evitar. Tornando-se, por isso, imperativo evitar o contacto próximo entre pessoas e a respetiva movimentação e circulação.

O presidente da autarquia, Basílio Horta, sublinha que “não se pode querer combater a pandemia e permitir enchentes nestes locais ao fim de semana, e em alguns dias da semana. O que se verificou com as melhorias de tempo foi um aumento da afluência a estes locais as praias e estacionamento cheio e muita gente sem máscara e a incumprir com as medidas preventivas”, e assegura que “faremos tudo o que for necessário, para garantir a segurança no espaço público”.

O autarca referiu ainda que as forças de segurança GNR, PSP e Polícia Municipal de Sintra vão garantir as competentes ações de fiscalização.

Salienta-se, no entanto, que esta decisão não se aplica aos praticantes de surf e atividades desportivas similares desde que praticadas a título individual e mediante o absoluto e rigoroso cumprimento das determinações e normas fixadas pela Direção-Geral da Saúde e demais entidades competentes.

A Câmara Municipal de Sintra continua a acompanhar a evolução da propagação do vírus, e a antecipar e implementar as medidas e ações adequadas de prevenção, intervenção e recuperação a fim de assegurar a continuidade das atividades essenciais e prioritárias da Câmara Municipal e do município de Sintra, apoiar as populações e restabelecer, caso se justifique, a normalidade.

Leia AQUI o Despacho.

Aviso | Surgimento de ninhos primários de Vespa Asiática

A Câmara Municipal de Sintra alerta para o surgimento de ninhos de Vespa Asiática e solicita a todos que avisem as autoridades responsáveis e não tentem destruir um ninho por conta própria.

Esta operação apenas deve ser realizada por equipas especializadas e pelos meios autorizados, de forma a evitar a proliferação da colónia de vespas e a criação de situações que coloquem em perigo os cidadãos.

Desde a chegada da Vespa Asiática ao seu território, o Município de Sintra destruiu até ao momento, 147 ninhos desta espécie invasora, sendo que 141 são referentes a colónias de 2020.

A Vespa Asiática (Vespa velutina nigrithorax) é uma espécie exótica invasora oriunda do sudeste asiático. É na primavera que esta espécie de vespa velutina constrói os seus ninhos, de grandes dimensões, preferencialmente em pontos altos e isolados, como por exemplo em edifícios.

É nesta fase que o combate a esta espécie invasora é mais eficaz, uma vez que a eliminação da rainha e da sua postura evitará o estabelecimento de uma nova colónia que, numa fase mais avançada, poderá chegar aos milhares de elementos.

A Vespa Asiática causa graves prejuízos para a apicultura, provoca desequilíbrio ecológico, devido à diminuição das populações de insetos polinizadores, é prejudicial à agricultura, por diminuição da polinização e constitui perigo para o ser humano.

Caso detete um ninho de Vespa Asiática deve comunicar a ocorrência ao Serviço Municipal de Proteção Civil, através de Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., via telefone pelo número 800 211 113 ou pela plataforma STOPvespa, juntando sempre que possível uma fotografia. O Município ativará, então, os meios necessários para efetuar corretamente e em segurança a destruição do ninho e colónia de vespas.

Saiba mais sobre a Vespa Asiática AQUI

COVID-19 | Plano de desconfinamento gradual

O Governo apresentou esta quinta-feira o plano de desconfinamento que se divide em quatro fases: 15 de março, 5 de abril, 19 de abril e 3 de maio. Nestas datas vão reabrindo vários setores, incluindo escolas.

Apesar de ter sido prorrogado o estado de emergência, são introduzidas algumas alterações face ao regime atual. O Plano de desconfinamento cruza diversos critérios científicos, dividido em quatro fases e com um período de 15 dias de intervalo entre cada fase, de forma a poder ir avaliando os impactos das medidas na evolução da pandemia.

REGRAS GERAIS

  • Teletrabalho, sempre que possível;
  • Horários de funcionamento, 21h00 durante a semana; 13h00 ao fim-de-semana e feriados ou 19h00 para retalho alimentar;
  • Proibição de circulação entre concelhos nos dias 20 e 21 de março e no período da Páscoa (entre 26 de março e 5 de abril).

A partir de 15 de março pode abrir:

  • Creches, pré-escolar, 1.º ciclo (e ATL para as mesmas idades);
  • As missas regressam a partir de segunda-feira. Compasso pascal e procissões estão suspensos;
  • Comércio ao postigo, cabeleireiros, manicures e similares;
  • Livrarias, bibliotecas e arquivos;
  • Comércio automóvel e mediação imobiliária.

A partir de 5 de abril pode abrir:

  • Escolas do 2.º e 3.º ciclo (e ATL para as mesmas idades);
  • Lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua;
  • Museus, monumentos, galerias de arte, palácios e similares;
  • Equipamentos sociais na área da deficiência;
  • Feiras e mercados não alimentares (trata-se de uma decisão municipal);
  • Esplanadas (num máximo de quatro pessoas);
  • Modalidades desportivas de baixo risco;
  • Atividade física ao ar livre até quatro pessoas;
  • Ginásios sem aulas de grupo.

A partir de 19 de abril pode abrir:

  • Ensino secundário e ensino superior;
  • Todas as lojas e centros comerciais;
  • Restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de quatro pessoas ou seis em esplanada), até às 22h (ou 13h aos fins-de-semana e feriados);
  • Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos;
  • Lojas de cidadão com atendimento presencial, mas com marcação;
  • Modalidades desportivas de médio risco;
  • Atividade física ao ar livre até seis pessoas;
  • Eventos exteriores com diminuição de lotação;
  • Casamentos e batizados com 25% de lotação.

A partir de 3 de maio podem realizar-se:

  • Restaurantes, cafés e pastelarias voltam a funcionar sem limite de horário (num máximo de seis pessoas ou dez em esplanadas);
  • Podem reabrir todos os ginásios e atividade física ao ar livre;
  • Podem ser retomadas todas as modalidades desportivas;
  • Grandes eventos exteriores;
  • Eventos interiores com diminuição de lotação (definida pela DGS);
  • Casamentos e batizados com 50% de lotação.

 Veja o documento completo AQUI

Aviso | Poda de árvores na Serra de Sintra

A Câmara Municipal de Sintra inicia, no dia 10 de março, os trabalhos de poda de árvores, nas estradas (EN) 375 e (EN) 247-3, na Serra de Sintra. Os trabalhos irão originar condicionamentos pontuais na circulação rodoviária.

A intervenção envolve a supressão de ramos secos, com elevada relação comprimento/diâmetro e que estejam projetados sobre a via rodoviária, representando risco de fratura.

As intervenções de abate serão pontuais e efetuadas com recurso ao desmonte, sobretudo quando se tratarem de exemplares mortos ou de espécies invasoras lenhosas (Acácias).

 

COVID- 19 | Sintra mantém desinfeção de espaço público, edifícios e viaturas

A Câmara Municipal de Sintra mantém ativos os serviços de desinfeção por forma a reduzir o risco de contágio por Covid-19.  

Os serviços técnicos da autarquia dão continuidade à desinfeção e higienização de viaturas, edifícios e espaço público. No que respeita à desinfeção de viaturas, contabilizam-se 4700 viaturas higienizadas e desinfetadas. Este é um serviço da autarquia que presta apoio adicional às forças de segurança, táxis, entidades de resposta social e Corporações de Bombeiros dos concelhos de Sintra e Amadora, entre outros.  

Foram ainda realizadas cerca de 2300 intervenções de desinfeção em edifícios públicos, esquadras, mercados, escolas, creches, lares, residenciais, casas de repouso, centros de dia, cemitérios, empresas e outros.  

Até ao momento, estas equipas já procederam à lavagem e desinfeção de mais de 2.500 km de espaço público, privilegiando locais de grande concentração de pessoas.  

Estas intervenções decorrem no âmbito da implementação, no município de Sintra, do Plano Contingência para a Covid-19, através do qual se pretende acompanhar a evolução da propagação do Coronavírus, antecipando e atuando com medidas preventivas garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como apoiar as populações.

 

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image
Image
Image