Notícias

Serra de Sintra com trânsito condicionado até 11 de agosto

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou, esta manhã, o condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra desde as 00h00 do dia 10 de agosto (segunda-feira) até às 23h59 de dia 11 de agosto (terça-feira).  Medidas que podem ser prolongadas ou agravadas caso se mantenha a situação de risco de incêndio elevado ou superior. 

O perímetro florestal da Serra de Sintra encontra-se encerrado até às 23h59 de 9 de agosto (domingo), na sequência da decisão do Governo de declarar a situação de alerta, estando em vigor a proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.


Segunda e terça-feira passam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente), veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A decisão desta manhã surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO até terça-feira;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.
A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Serra de Sintra encerrada sábado e domingo

Na sequência da decisão do Governo de prolongar a declaração da situação de alerta até as 23h59 de 9 de agosto de 2020 (domingo), para todos os distritos de Portugal, o presidente da Câmara Municipal de Sintra acionou os meios da proteção civil para o encerramento do perímetro florestal da Serra de Sintra durante o mesmo período.

O perímetro florestal da Serra de Sintra encontra-se encerrado desde as 00h00 de 6 de agosto de 2020 (quinta-feira).

No perímetro florestal da Serra de Sintra vigora até domingo: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO durante este período;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Serra de Sintra encerrada quinta e sexta-feira

Na sequência da decisão do Governo de declarar a situação de alerta entre as 00h00 de 6 de agosto de 2020 (quinta-feira) e as 23h59 de 7 de agosto de 2020 (sexta-feira), para os todos os distritos de Portugal, o presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou o encerramento do perímetro florestal da Serra de Sintra durante o mesmo período.

No perímetro florestal da Serra de Sintra passa a vigorar: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil. 

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

Durante o dia 8 de agosto (sábado) e 9 de agosto (domingo) de agosto permanece o condicionamento do trânsito, determinado esta tarde, nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra e podem circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO durante este período;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Serra de Sintra com trânsito condicionado até domingo

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou, esta tarde, o prolongamento (que terminava às 23h59 desta quarta-feira) do condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra até às 23h59 de dia 9 de agosto (domingo).

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO até sábado;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.


Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

COVID-19 | Sintra mantém desinfeção de espaços e viaturas

Até ao momento, os serviços técnicos da Câmara Municipal de Sintra já procederam à lavagem e desinfeção de mais de 1.800 km de espaço público e de mais de 2.000 viaturas

Serra de Sintra encerrada até terça-feira

Atualização | Serra de Sintra

Na sequência do despacho conjunto dos ministros da Defesa Nacional, Administração Interna, Ambiente e Ação Climática e Agricultura que declaram a situação de alerta entre as 20h00 de 2 de agosto de 2020 e as 23h59 de 4 de agosto de 2020, para os todos os distritos de Portugal, o presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou o encerramento do perímetro florestal da Serra de Sintra durante o mesmo período.

No perímetro florestal da Serra de Sintra passa a vigorar: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

Durante o dia 5 de agosto (quarta-feira) permanece o condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra e podem circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A decisão surge na sequência de:

- Estar em vigor o Estado de Alerta Especial Nível LARANJA, do SIOPS para o DECIR, no distrito de Lisboa.
- Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO e MUITO ELEVADO até quarta-feira;
- Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
- Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
- Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Serra de Sintra com trânsito condicionado

Atualização | Serra de Sintra

Na sequência do despacho conjunto dos ministros da Defesa Nacional, Administração Interna, Ambiente e Ação Climática e Agricultura que declaram a situação de alerta entre as 20h00 de 2 de agosto de 2020 e as 23h59 de 4 de agosto de 2020, para os todos os distritos de Portugal, o presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou o encerramento do perímetro florestal da Serra de Sintra durante o mesmo período.

No perímetro florestal da Serra de Sintra passa a vigorar: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

Durante o dia 5 de agosto, quarta-feira, verifica-se o condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra. 

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO e MUITO ELEVADO até quarta-feira;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Serra de Sintra reabre temporariamente esta sexta-feira

O perímetro da Serra de Sintra, que se encontra condicionado desde as 00h00 de dia 30 de julho (quinta-feira) e até às 23h59 de dia 2 de agosto (domingo), é reaberto temporariamente até às 23h59 desta sexta-feira (31 de julho) devido à redução de risco de incêndio.

Com exceção desta sexta-feira, a situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra mantém-se até domingo, e será avaliada de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A decisão de reabertura, apenas esta sexta-feira, surge na sequência de:

  • Redução esta sexta-feira, para o concelho de Sintra, do Risco de Incêndio Rural de ELEVADO para MODERADO.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

COVID-19 | Fim da situação de calamidade em 6 freguesias de Sintra

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, a transição para o estado de contingência das 19 freguesias dos cinco concelhos da Área Metropolitana de Lisboa que se encontravam em estado de calamidade, em que se incluíam 6 freguesias de Sintra.

Esta decisão tem efeito a partir das 00h00 do dia 1 de agosto de 2020 até às 23h59 do dia 14 de agosto de 2020.

A estabilização do número de contágios na região de Lisboa e Vale do Tejo foi uma das razões apontadas para esta decisão que coloca toda a Área Metropolitana de Lisboa com o mesmo nível de resposta ao surto de COVID-19.

Em todo o território nacional é renovada a situação de alerta, exceto toda a Área Metropolitana de Lisboa que mantém a situação de contingência.

Vigoram assim todas as regras e recomendações introduzidas anteriormente em cada uma das situações territoriais e são feitas novas determinações:

  •  Horários de encerramento dos centros comerciais (20h00), supermercados (22h00).

  • venda de bebidas alcoólicas irá continuar interdita após as 20h00 em qualquer espaço comercial e o seu consumo proibido na via pública.

  • Mantêm-se as regras de funcionamento dos estabelecimentos de restauração e similares, agora com a possibilidade de acesso ao público para novas admissões até às 00h00 e o encerramento à 01h00; 

  • Bares e discotecas podem reabrir em todo o país, cumprindo as regras aplicadas aos cafés: os espaços devem encerrar às 20h00, as pistas de dança só poderão ser utilizadas para mesas e os espaços exteriores como esplanada.

  • São reabertas as grutas nacionais, regionais e municipais, públicas ou privadas;

  • Abrem as atividades desportivas que ainda estavam encerradas e definem-se regras específicas para as atividades físicas e desportivas – a prática de atividade física e desportiva, em contexto de treino e em contexto competitivo, pode ser realizada sem público;

  • Estabelece-se a limitação de concentração de 20 pessoas para o resto do país, em estado de alerta, de 10 pessoas pessoas na Área Metropolitana de Lisboa, em estado de contingência. 

  • realização de feiras e mercados dependem da autorização das autarquias, depois de ouvida a Direção-Geral da Saúde.

  • No acesso ao tráfego aéreo e aos aeroportos, pode ser recusado o embarque de passageiros com origem em países considerados de risco epidemiológico que não apresentem, no momento da partida, um comprovativo de realização de teste à COVID-19 com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores à hora do embarque. A temperatura corporal terá de ser inferior a 38ºC.

O Conselho de Ministros volta a reunir-se para avaliar as medidas impostas e o estado pandémico do país no dia 13 de agosto.

 

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image
Image
Image