Notícias

Serra de Sintra com trânsito condicionado esta quarta-feira

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou o condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra durante esta quarta-feira (19 de agosto).

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão no dia 19 de agosto do IPMA para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição:

COVID-19 | Autarquia mantém apoio às corporações de bombeiros de Sintra

A Câmara Municipal de Sintra continua a disponibilizar material de proteção individual e serviços de lavagem e desinfeção de viaturas para as Corporações de Bombeiros do concelho.

Até ao momento, já foram desinfetadas mais de 1.000 viaturas de socorro e emergência, que incluem viaturas de socorro e de transporte de doentes. No que concerne à disponibilização de material de proteção individual, até ao momento a autarquia disponibilizou às corporações de bombeiros mais de 1000 viseiras,  mais de 9.000 batas de proteção, cerca de 6.000 máscaras FFp2 e mais de 87.000 máscaras cirúrgicas, cerca de 24.000 tapa pés, 86.000 luvas, mais de 12.000 gorros de proteção, mais de 2.000 óculos de proteção individual, entre outros.

Recorde-se que, em junho, a Câmara Municipal de Sintra concedeu um apoio extraordinário de 225 mil euros às nove Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do concelho, para fazer face às despesas associadas ao combate da pandemia Covid-19 e à diminuição acentuada no transporte de doentes não urgentes o que, por conseguinte, leva uma quebra na faturação destas Associações.

DGS lança campanha “Verão e COVID-19"

A Direção-Geral da Saúde lançou a campanha para a época de verão 2020, onde são estabelecidas algumas recomendações que se apresentam fundamentais face à pandemia e ao período sazonal que se vive.

 

  • Recomendações gerais para o calor

Prevendo-se que se mantenha o tempo quente ao longo desta semana, para se proteger dos efeitos do calor intenso na saúde mantenha-se informado, hidratado e fresco, a DGS recomenda:

  • Beba água ou sumos de fruta natural, mesmo quando não tem sede, e evite o consumo de bebidas alcoólicas; 
  • Faça refeições frias, leves e coma mais vezes ao dia;
  • Utilize roupa larga, que cubra a maior parte do seu corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol;
  • Evite a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas.
  • Utilize protetor solar com fator > 30 e renove a sua aplicação de 2 em 2 horas;
  • Tenha especial atenção com os doentes crónicos, crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida;
  • Mantenha-se informado relativamente às condições climáticas para poder adotar os cuidados necessários.

Para além das recomendações acima descritas, encontrará informação adicional na área do calor ou em ipma.pt. 

A DGS informa que a inalação de fumos ou de substâncias irritantes químicas e o calor podem provocar danos nas vias respiratórias. 

As crianças, os doentes respiratórios crónicos e os idosos são os mais vulneráveis.

Existem lesões de inalação devidas ao calor que provocam obstrução e risco de infeção. Além da lesão pelo calor, há possibilidade de lesão pelas substâncias químicas do fumo que provocam inflamação e edema com tosse, broncoconstrição e aumento das secreções. Existe ainda a possibilidade de surgirem lesões mais tardias e mais graves, com destruição celular e, que, em casos extremos, causam falência respiratória.

Mais informação na página da Direção-Geral da Saúde ou através do SNS24, 808 24 24 24.

Serra de Sintra com trânsito condicionado até segunda-feira

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou o condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra até às 23h59 de dia 17 de agosto (segunda-feira).

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO até segunda-feira;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

Continuam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente], veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição:


Consulte o risco de incêndio florestal:




 

 

 

 

 

 

 

 

 

COVID-19 | Equipas multidisciplinares já apoiaram mais de 2600 pessoas

São já mais de 2600 as pessoas contactadas pelas equipas multidisciplinares, formadas pela Câmara Municipal de Sintra, que se dedicam inteiramente ao apoio a casos ativos de COVID-19 no concelho.

A formação de 6 equipas multidisciplinares permitiu que, desde o início de julho, tenham sido realizadas cerca de 990 visitas a agregados familiares, o que corresponde a um apoio direto a mais de 2600 pessoas.

Estas equipas - constituídas por enfermeiros, técnico de ação social, proteção civil e um elemento da junta de freguesia da área de residência - realizam visitas domiciliárias com o intuito de entender quais as necessidades de saúde e sociais dos casos sinalizados pelas autoridades de saúde, para o cumprimento eficaz e efetivo do confinamento necessário para a quebra de transmissão do novo coronavírus. Neste trabalho de proximidade são entregues pelas equipas, em todas as visitas, termómetro, máscaras cirúrgicas e gel desinfetante para que o cidadão, ainda que em confinamento obrigatório, reduza todos os riscos de transmissão.

Estas visitas permitiram gerar: 130 pedidos de apoio alimentar, 14 pedidos de apoio para medicamentos, 38 pedidos de apoio económico e ainda 17 pedidos de habitação de emergência.

Na retaguarda de toda esta operação está ainda uma equipa - composta por técnicos da Segurança Social e da Câmara Municipal de Sintra - que recebem, avaliam e encaminham, diariamente, os relatórios com os diversos pedidos de apoio para intervenção imediata.

A autarquia de Sintra irá continuar a acompanhar a evolução da propagação da COVID-19, antecipando e atuando com novas medidas preventivas, caso seja necessário, garantindo as atividades essenciais e prioritárias no município, bem como o apoio à população.

Bandeira Vermelha | Detetada a presença de Velella Velella na Praia do Magoito

Foi hasteada, ao início da tarde desta quarta-feira (12 de agosto), a bandeira vermelha na praia do Magoito - em Sintra - após ter sido detetada a presença de uma quantidade significativa de organismos gelatinosos Velella Velella.

A decisão de interdição de banhos, na Praia do Magoito, foi articulada entre a Câmara Municipal de Sintra, Capitania do Porto de Cascais e autoridades de saúde.

A Velella Velella é uma espécie de organismo gelatinoso, que apresenta um flutuador em forma de vela triangular achatada. São em geral de pequenas dimensões, o diâmetro varia entre 1 a 7 cm. Trata-se de uma espécie de ocorrência comum e os seus tentáculos são pequenos e ligeiramente urticantes, sendo aconselhável evitar o contacto direto com os mesmos de forma a evitar potenciais reações alérgicas, em caso de maior sensibilidade. Contudo, caso tenha estado em contacto com as mesmas e tenha sido picado, aplique bandas de gelo e se possível bicarbonato de sódio.

As autoridades irão manter a monitorização da situação e a interdição de ida a banhos será levantada assim que estiverem reunidas todas as condições de segurança.


Saiba mais sobre esta espécie AQUI.

Saiba mais sobre o programa GelAvista.

Serra de Sintra reabre ao trânsito esta terça-feira

O acesso ao perímetro da Serra de Sintra, que se encontrava condicionado, foi reaberto esta terça-feira (11 de agosto) devido à redução de risco de incêndio.

A decisão de reabertura, esta terça-feira, surge na sequência de:

  • Redução, para o concelho de Sintra, do Risco de Incêndio Rural de ELEVADO para MODERADO.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra é avaliada de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.


Serra de Sintra com trânsito condicionado até 11 de agosto

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou, esta manhã, o condicionamento do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra desde as 00h00 do dia 10 de agosto (segunda-feira) até às 23h59 de dia 11 de agosto (terça-feira).  Medidas que podem ser prolongadas ou agravadas caso se mantenha a situação de risco de incêndio elevado ou superior. 

O perímetro florestal da Serra de Sintra encontra-se encerrado até às 23h59 de 9 de agosto (domingo), na sequência da decisão do Governo de declarar a situação de alerta, estando em vigor a proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.


Segunda e terça-feira passam a poder circular: veículos de moradores e de empresas aí sediadas, transportes públicos de passageiros (com alvará emitido pela entidade competente), veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A decisão desta manhã surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO até terça-feira;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.
A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

 
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.

Serra de Sintra encerrada sábado e domingo

Na sequência da decisão do Governo de prolongar a declaração da situação de alerta até as 23h59 de 9 de agosto de 2020 (domingo), para todos os distritos de Portugal, o presidente da Câmara Municipal de Sintra acionou os meios da proteção civil para o encerramento do perímetro florestal da Serra de Sintra durante o mesmo período.

O perímetro florestal da Serra de Sintra encontra-se encerrado desde as 00h00 de 6 de agosto de 2020 (quinta-feira).

No perímetro florestal da Serra de Sintra vigora até domingo: proibição de circulação, estacionamento e permanência de viaturas no interior do perímetro florestal. Exceto para veículos de moradores e de empresas aí sediadas, veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema Municipal de Proteção Civil.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de incêndio florestal, caracterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar a sua proteção, manutenção e conservação considerados objetivos do interesse público, de âmbito mundial, nacional e municipal.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A decisão surge na sequência de:

  • Previsão para o concelho de Sintra de Risco de Incêndio Rural ELEVADO durante este período;
  • Nos encontrarmos dentro do Período Crítico de Incêndios Rurais [até 30 de setembro];
  • Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da Proteção Civil;
  • Urge preservar a Serra de Sintra, Paisagem Cultural Património Mundial UNESCO, e defendê-la para as gerações vindouras.
Clique na imagem para consultar os pontos de interdição.
Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image
Image
Image