COVID-19 | Agentes culturais, juntas de freguesia, bombeiros e taxistas de Sintra entre os que recebem novos apoios

A Câmara Municipal de Sintra decidiu mais um conjunto de apoios num valor superior a um milhão de euros às corporações de bombeiros, taxistas, clubes desportivos, movimentos juvenis e agentes culturais, com o objetivo de minimizar os impactos sócio económicos da COVID-19.

Estas medidas surgem na sequência de outros apoios, designadamente 1,5 milhões de euros ao Hospital Amadora/Sintra, 2 milhão de euros para reforçar o Fundo de Emergência Social e o apoio às IPSS e a redução do preço da água (4 milhões de euros). Mais recentemente foi criado o Fundo de Emergência Empresarial, com dotação de 3 milhões de euros, que já permitiu um apoio de 1500 euros a 800 empresários. 

Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra, explica que “esta é a terceira fase do nosso plano de apoios no âmbito do combate aos efeitos da COVID-19. É um apoio muito importante, que se somam a outros que temos levado a cabo”.

O município já disponibilizou, desde o início da pandemia, cerca de 15 milhões de euros, realizou 2 mil testes, para além de todos os trabalhos de prevenção do surto epidémico (testes, desinfeções, etc).

 

CULTURA

O município criou o Fundo Municipal de Emergência Cultural, destinado a apoiar as associações culturais do concelho, no valor de 250 mil euros. Poderão candidatar-se  a este fundo as associações culturais, sem fins lucrativos, que desenvolvam a sua atividade nas áreas da dança, da música ou do teatro. “O setor da cultura vive uma situação crítica devido à paralisação da atividade. Com isto estamos a ajudar à manutenção dos postos de trabalho dos elementos das associações culturais de cariz profissional do concelho de Sintra”, sublinhou Basílio Horta.

 

BOMBEIROS

Foi ainda atribuído um apoio extraordinário de 225 mil euros às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do concelho, por forma a garantir o seu pleno funcionamento, não só para emergências de saúde pública que possam ocorrer mas também para a prevenção e combate aos fogos florestais. Já no início deste ano o município tinha disponibilizado verbas de cerca de 2 milhões de euros às nove corporações de bombeiros do concelho

 

JUNTAS DE FREGUESIA

O aumento das situações de emergência social obrigou as freguesias a ampliarem as suas respostas sociais, especialmente no que toca aos planos alimentares, entregas de bens e medicamentos e ainda no apoio psicossocial às populações. Tendo isto em conta, as juntas de freguesias do concelho de Sintra irão receber um apoio financeiro no valor de 275 mil euros, cabendo a cada uma delas o montante de 25 mil euros. Basílio Horta explica que este é “um apoio suplementar para fazer face às despesas” das freguesias, que num cariz de proximidade garantem o bem estar da população mais vulnerável.

 

DESPORTO

Foi criado o Fundo de Emergência Desportiva, para clubes e associações desportivas do concelho, no valor de 233 mil euros. Este fundo destina-se a fazer face às dificuldades imediatas de tesouraria dos clubes e associações de modo a que seja assegurada a continuidade da sua atividade e ainda garantir que a sua reabertura se faça em segurança.

 

TÁXIS

Por forma a minimizar o impacto das atuais dificuldades económicas sentidas e garantindo que no futuro se possa continuar a contar com este serviço, foi atribuído à Cooperativa de Táxis Linha de Sintra um apoio financeiro de 105 mil euros, valor que corresponde a seis meses de quotas dos 123 profissionais do concelho. Cada taxista receberá um apoio superior a 850 euros.

 

JUVENTUDE

Com a suspensão da atividade das associações juvenis do concelho e do desenvolvimento das suas ações inscritas no programa do Ano Municipal da Juventude 2020, a autarquia criou um fundo de emergência de apoio às associações juvenis no valor de 32 mil euros. Este fundo pretende garantir a continuidade das atividades destas associações e que o retomar das atividades seja feito em segurança.

 

PRAIAS

Para que na época balnear de 2020 o areal do concelho de Sintra não tenha áreas reservadas e pagas, permitindo o aumento de espaço disponível nas praias, implica garantir um especial apoio aos concessionários de praia. Assim, a autarquia aprovou um apoio financeiro de 70 mil euros à Associação de Praias do Concelho de Sintra.

 

REAVALIAÇÃO EM JULHO

O presidente da Câmara Municipal de Sintra sublinhou ainda que “no final de julho iremos reavaliar a situação económica e social do concelho para decidir o reforço ou eventuais novos apoios que se vejam a revelar necessários”.