Notícias

Autarquia aprova apoio de 2 milhões de euros para Bombeiros Voluntários de Sintra

A Câmara Municipal de Sintra aprovou o apoio financeiro de cerca de dois milhões de euros para as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do município, em reunião de executivo realizada esta terça-feira.

Para o presidente da autarquia, Basílio Horta, este investimento pretende “contribuir para a salvaguarda das nossas pessoas e bens, uma das prioridades do nosso executivo. Temos um grande respeito pelo trabalho destes homens que se sacrificam em prol de todos nós”. 

O montante agora aprovado dá lugar a a apoio aos Grupos de Intervenção Permanente (GIPE) para o ano 2020 e às nove corporações de bombeiros voluntários do Município de Sintra, para a promoção e salvaguarda dos interesses das populações, designadamente na ampliação e manutenção de instalações e infraestruturas, a gestão corrente, logística e administrativa da corporação, a reparação de veículos de prevenção, socorro, combate a incêndios e salvamentos, de outro equipamento operacional e de proteção individual, bem como a ações de informação e formação.

"Conversas sem Rede" lugar de debate para Alterações Climáticas e Risco de Incêndios

O tema "Alterações Climáticas e Risco de Incêndios" estará em destaque no ciclo de palestras mensais “Conversas sem Rede”, no dia 23 de janeiro, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal de Sintra, sala Vergílio Ferreira. A sessão é de entrada livre.

Esta conversa em jeito de tertúlia, organizada pela Câmara Municipal de Sintra, contará com a participação de Rita Melo de Durão, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, e Álvaro Terezo, da Câmara Municipal de Sintra – Serviço Municipal de Proteção Civil.

O ciclo de palestras mensais “Conversas sem Rede” dá lugar ao debate aos mais variados temas, da literatura à ciência, sempre com temas e convidados diferentes, e realiza-se na última quinta feira do mês, com exceção de julho e agosto.

 

Perímetro da Serra de Sintra encerrado até domingo

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da Serra de Sintra até às 08h00 deste domingo, 22 de dezembro.

A interdição de circulação nas vias municipais resulta da forte precipitação e forte intensidade do vento, associado a um elevado número de queda de árvores, que se verificaram nos últimos dias na Serra de Sintra.

A Câmara Municipal de Sintra mantém o alerta e aconselha que seja evitada qualquer atividade ou permanência na Serra de Sintra, devido ao elevado risco na zona.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, é avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A principal estrada da Serra de Sintra, entre o cruzamento da Azoia/cruzamento da Portela e Portela Capuchos, encontra-se encerrada desde quinta-feira.

O Reino do Natal e as atividades no terreiro do Palácio Nacional de Sintra, são retomadas este domingo quando a interdição for levantada. Recorde-se que desde quinta-feira que estes espaços se encontram encerrados por questões de segurança.

Os monumentos que integram o perímetro da Serra de Sintra estiveram encerrados este sábado e retomam também o seu normal funcionamento, após levantamento da interdição, nomeadamente a Quinta da Regaleira, Palácio Nacional da Pena e Castelo dos Mouros.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de queda de árvores e desmoronamentos de terras nas atuais condições meteorológicas, sendo caraterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar na zona a proteção de pessoas e bens no atual contexto climatérico.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contacte o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.

Mapa da interdição: http://bit.ly/interdicaoserrasintra (em atualização)

Perímetro da Serra de Sintra encerrado

O presidente da Câmara Municipal de Sintra determinou a interdição do trânsito nas vias municipais que integram todo o perímetro da Serra de Sintra desde as 20h00 do dia 20 de dezembro de 2019 às 23h59 do dia 21 de setembro de 2019, devido à forte precipitação e intensidade do vento que se verifica na zona, associado ao elevado número de queda de árvores que se verificou esta sexta-feira.

A Câmara Municipal de Sintra alerta todos para evitarem qualquer atividade na Serra de Sintra, devido ao elevado risco na zona.

A situação de interdição do trânsito nas vias municipais do Perímetro da Serra de Sintra, será avaliada, de 12 em 12 horas, podendo a interdição ser agravada ou desagravada, tendo em conta as condições que se possam vir a registar.

A principal estrada da Serra de Sintra, entre o cruzamento da Azoia/cruzamento da Portela e Portela Capuchos, já se encontrava encerrada desde ontem.

A Câmara Municipal de Sintra decidiu também encerrar ao público o Reino do Natal este sábado e todas as atividades no terreiro do Palácio Nacional de Sintra. Os monumentos que integram o perímetro da Serra de Sintra estarão encerrados este sábado, nomeadamente o Palácio Nacional da Pena e o Castelo dos Mouros.

A Serra de Sintra integra uma região de proteção classificada sensível ao risco de queda de árvores e desmoronamentos de terras nas atuais condições meteorológicas, sendo caraterizada por um elevado número de visitantes. Torna-se assim fundamental acautelar na zona a proteção de pessoas e bens no atual contexto climatérico.

Todos os corpos de bombeiros se encontram em estado de ALERTA LARANJA no concelho de Sintra.

O Proteção Civil reforçou a estrutura de resposta operacional para as próximas 48 horas, de forma a garantir o permanente acompanhamento e controlo de todas as eventuais ocorrências. Em curso o aumento das ações de monitorização, com especial enfoque nas áreas historicamente identificadas como mais sensíveis.

A tomada de medidas de prevenção ativa, vigilância e de planeamento operacional, através dos Agentes de Proteção Civil (APC), Entidades Cooperantes, tem em vista uma resposta antecipada e imediata a possíveis emergências, nomeadamente no que diz respeito à desobstrução de linhas de água em zonas historicamente mais vulneráveis e a salvaguarda de infraestruturas na orla costeira.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contacte o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.


Mapa da interdição: http://bit.ly/interdicaoserrasintra  (em atualização)

Serra de Sintra com estradas encerradas devido às más condições meteorológicas

A principal estrada da Serra de Sintra, entre o cruzamento da Azoia/cruzamento da Portela e Portela Capuchos, será encerrada, a partir das 17h00 de hoje, devido a forte precipitação e intensidade do vento que se verifica na zona.

A medida da Proteção Civil de Sintra será levantada quando estiverem repostas as condições de segurança no local. A Câmara Municipal de Sintra apela também a todos para evitarem qualquer atividade na Serra de Sintra.

Todos os corpos de bombeiros se encontram em estado de ALERTA LARANJA no concelho de Sintra.

O Proteção Civil reforçou a estrutura de resposta operacional para as próximas 48 horas, de forma a garantir o permanente acompanhamento e controlo de todas as eventuais ocorrências. Em curso o aumento das ações de monitorização, com especial enfoque nas áreas historicamente identificadas como mais sensíveis.

A tomada de medidas de prevenção ativa, vigilância e de planeamento operacional, através dos Agentes de Proteção Civil (APC), Entidades Cooperantes e tendo em vista uma resposta antecipada e imediata a possíveis emergências, nomeadamente no que diz respeito à desobstrução de linhas de água em zonas historicamente mais vulneráveis e salvaguarda de infraestruturas na orla costeira.

A Câmara Municipal de Sintra decidiu também encerrar ao público o Reino do Natal esta quinta-feira, atendendo às condições meteorológicas.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contacte o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.

 

 

 

 

 

 

 

Reino do Natal encerrado devido às más condições meteorológicas

A Câmara Municipal de Sintra decidiu encerrar ao público o Reino do Natal a partir das 13h00 de hoje, 19 de dezembro (quinta-feira), atendendo às condições meteorológicas que colocam o distrito de Lisboa em aviso laranja nas próximas 48 horas.

Já no dia 20 de dezembro, durante a manhã, será avaliada a reabertura ao público do Parque da Liberdade/Reino do Natal.

Por todo o concelho estão a ser tomadas medidas de prevenção ativa, vigilância e planeamento operacional, através dos Agentes de Proteção Civil (APC) e entidades cooperantes, tendo em vista uma resposta antecipada e imediata a possíveis emergências.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contacte o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.

Aviso amarelo para precipitação

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera – IPMA, colocou Lisboa em aviso AMARELO para precipitação, com previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes forte, entre as 03h00 e as 15h00, de dia 16 de dezembro.

Adote medidas preventivas e mantenha-se em segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contacte o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.

Calçada da Pena com trânsito condicionado a partir de 9 de dezembro

A partir de 9 de dezembro, segunda-feira, o trânsito automóvel na Calçada da Pena passa a estar condicionado.

A decisão da autarquia de Sintra resulta, principalmente, da impossibilidade de garantir a circulação de meios de socorro e a segurança da circulação automóvel e pedonal nas estradas de acesso aos pontos de interesse na Serra de Sintra.

O condicionamento do acesso à Calçada da Pena, permite a circulação apenas a viaturas autorizadas.

Passará a existir um sentido único de circulação (exceto viaturas autorizadas), na Estrada dos Capuchos, sentido poente-nascente, desde o entroncamento desta com a Estrada da Pena/Calçada da Pena até ao Chalet da Condessa d’Edla.

Será criada uma zona de inversão de marcha junto ao Chalet da Condessa d’Edla, para quem acede desde poente, no largo existente, sendo necessária a intervenção ao nível da regularização e pavimentação do local.

Será colocada sinalização na Estrada dos Capuchos, no sentido poente-nascente, informando que a mesma passará a ser uma via sem saída, bem como indicar a possibilidade de realização da inversão do sentido de marcha.

Pode consultar o mapa Aqui.

Consulte o Folheto informativo.

Calçada da Pena com trânsito condicionado

A Câmara Municipal de Sintra aprovou esta terça-feira, em reunião do executivo, o condicionamento do trânsito automóvel na Calçada da Pena, medida que será implementada ainda em dezembro.

A decisão da autarquia de Sintra resulta, principalmente, da impossibilidade de garantir a circulação de meios de socorro e a segurança da circulação automóvel e pedonal nas estradas de acesso aos pontos de interesse na Serra de Sintra.

Este condicionamento do acesso à Calçada da Pena, permite a circulação apenas a viaturas autorizadas. Vão poder apenas circular viaturas de residentes, viaturas que apresentem o Cartão de Estacionamento de Modelo Comunitário para Pessoas com Deficiência - desde que a pessoa com deficiência seja um dos ocupantes-, viaturas de transporte público de passageiros, táxis, viaturas afetas ao transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataforma eletrónica (TVDE), transportes turísticos com licença RNAAT, viaturas afetas à Câmara Municipal de Sintra, SMAS de Sintra, Parque Natural Sintra-Cascais e Parques Monte da Lua, viaturas afetas a operações de manutenção de iluminação e telecomunicações e, obviamente, viaturas das forças de segurança e de emergência.

Os veículos impossibilitados de aceder à Calçada da Pena, poderão utilizar gratuitamente o parque de estacionamento periférico na Cavaleira, que conta com mais de 1500 lugares de estacionamento. A partir desse local os interessados terão acesso a transfers, a preços reduzidos, para os monumentos.

Vão ser criados também locais adequados para a tomada e largada de passageiros, de modo a que os veículos não o façam em plena via, impedindo a normal circulação dos restantes veículos.

Passará a existir um sentido único de circulação (excetos viaturas autorizadas), na Estrada dos Capuchos, sentido poente-nascente, desde o entroncamento desta com a Estrada da Pena/Calçada da Pena até ao Chalet da Condessa d’Edla.

Será criada uma zona de inversão de marcha junto ao Chalet da Condessa d’Edla, para quem acede desde poente, no largo existente, sendo necessária a intervenção ao nível da regularização e pavimentação do local.

Será colocada sinalização na Estrada dos Capuchos, no sentido poente-nascente, informando que a mesma passará a ser uma via sem saída, bem como indicar a possibilidade de realização da inversão do sentido de marcha.

A Vila de Sintra é atualmente um dos locais mais visitados do País, em particular a sua Serra e os monumentos aí existentes, como o Palácio da Pena, Castelo dos Mouros, Chalet da Condessa D’Edla e Convento dos Capuchos, património cuja preservação merece especial cuidado.  

A autarquia sublinha que a Vila é, desde 1995, Património Mundial da UNESCO, na categoria de Paisagem Cultural, sendo que Sintra foi o primeiro sítio Europeu inscrito, pela UNESCO, como Paisagem Cultural, sendo assim desígnio de todos, em especial daqueles que tem responsabilidades sobre o território de Sintra, a salvaguarda deste património.

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image
Image
Image