Notícias

Aviso amarelo para agitação marítima e chuva forte até 1 de fevereiro

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo o Distrito de Lisboa para agitação marítima, com ondas de noroeste com 4 a 5 metros, até às 06h00 de dia 1 de fevereiro.

A partir do dia 30 de janeiro prevê-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros e a partir de 1 de fevereiro com ondas até 6 metros. 

Também a partir de 30 de janeiro, está prevista chuva, temporariamente forte a partir da tarde, vento moderado (até 30 km/h), com aumento a partir da tarde, com rajadas até 65 km/h no litoral e até 85 km/h nas terras altas.

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 211 113.

Distrito de Lisboa sob aviso amarelo devido a agitação marítima

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo o Distrito de Lisboa para agitação marítima, com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros, entre as 18h00 de de 27 de janeiro (domingo) e as 03h00 de dia 28 de janeiro (segunda-feira).

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 211 113.

Aviso amarelo para agitação marítima e vento até dia 20 de janeiro

Aviso amarelo para agitação marítima e vento até dia 20 de janeiro

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo o Distrito de Lisboa para agitação marítima, com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros, até às 15h00 de 20 de janeiro (domingo), e vento com rajadas até 75 km/h entre a meia noite e as 18h00 também de dia 20.

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 211 113.

Centros de Saúde em alerta amarelo devido ao frio nos dias 11 e 12 de janeiro

Centros de Saúde em alerta amarelo devido ao frio nos dias 11 e 12 de janeiro

A Direção Geral de Saúde colocou em alerta amarelo os Agrupamento de Centros de Saúde de Lisboa esta sexta-feira, dia 11, e sábado, dia 12, devido ao frio.

Lembramos que as Unidades de Cuidados Saúde Personalizados de Algueirão, Belas, Agualva, Rio de Mouro e Sintra alargaram o horário para atendimento complementar, no âmbito do “Plano de Contingência Saúde Sazonal - Módulo de Inverno 2018/2019”.

A finalidade deste Plano é prevenir e minimizar os efeitos negativos do frio extremo e das infeções respiratórias, nomeadamente da gripe, na saúde da população em geral e dos grupos de risco em particular.

Incluem-se nos grupos de risco os idosos, as crianças e as pessoas com doenças crónicas.

No período outono/inverno ocorrem com frequência temperaturas baixas. Em situações de frio intenso são produzidas alterações no organismo que facilitam o aparecimento de doenças como a gripe, a pneumonia, a bronquite e o agravamento das doenças crónicas.

No sentido de prevenir os efeitos negativos do frio intenso na saúde, a ACES Sintra divulga os horários para atendimento complementar:

AC ALGUEIRÃO: dias úteis das 20h00 às 24h00;
Sábados das 10h00 às 18h00;
Domingos das 10h00 às 18h00.

AC BELAS: dias úteis das 20h00 às 24h00;
Sábados das 10h00 às 18h00;
Domingos das 10h00 às 18h00.

AC AGUALVA: dias úteis das 20h00 às 24h00;
Sábados das 10h00 às 18h00;
Domingos das 10h00 às 18h00.

AC RIO DE MOURO: sabádos das 09h00 às 14h00.

AC SINTRA: sabádos das 09h00 às 14h00.

Persistência de baixas temperaturas até dia 12 de janeiro

Persistência de baixas temperaturas até dia 12 de janeiro

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu um aviso amarelo de tempo frio, prevendo-se a persistência de valores baixos da temperatura mínima até às 12h00 de dia 12 de janeiro, sábado.

 

Recomenda-se a todos os cidadãos a adoção das seguintes medidas:

 

· que se evite a exposição prolongada ao frio e as mudanças bruscas de temperatura;

 

· o uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;

 

· a proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol);

 

· a ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;

 

· especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade.

 

O Serviço Municipal de Proteção Civil recomenda ainda:

 

· especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação e levar à morte;

 

· que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras;

 

· que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;

 

· que se tenha em atenção a condução em locais susceptíveis de formação de gelo na estrada, adotando uma condução defensiva;

 

· especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes de proximidade, com as situações de pessoas idosas e em condição de maior isolamento.

Aviso amarelo para persistência de frio

Aviso amarelo para persistência de frio

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu um Aviso Amarelo de tempo frio, prevendo-se a persistência de valores baixos da temperatura mínima até às 10h00 de dia 8, terça-feira.


Recomenda-se a todos os cidadãos a adoção das seguintes medidas:

  • que se evite a exposição prolongada ao frio e as mudanças bruscas de temperatura;

  • o uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;

  • a proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol);

  • a ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;

  • especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade.

O Serviço Municipal de Proteção Civil recomenda ainda:

  • especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação e levar à morte;

  • que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras;

  • que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;

  • que se tenha em atenção a condução em locais susceptíveis de formação de gelo na estrada, adotando uma condução defensiva;

  • especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes de proximidade, com as situações de pessoas idosas e em condição de maior isolamento.
AVISO – Atenção à praga da lagarta do pinheiro

AVISO – Atenção à praga da lagarta do pinheiro

Teve início o período de infestação dos pinheiros pela processionária – vulgarmente conhecida como lagarta do pinheiro.

A lagarta do pinheiro pode levar ao aparecimento de urticárias agudas de contacto, sobretudo em ambientes escolares. Como forma de prevenção, recomenda-se à população que evite passear em locais onde existam pinheiros, durante os meses de janeiro a maio, ou levar a passear animais de estimação durante este período.

O contacto com a processionária do pinheiro (bravo e manso) causa diversas alergias, tais como: irritação na pele, nos olhos e no aparelho respiratório, com gravidade dependendo de cada pessoa.

Em caso de aparecimento de sintomas de alergia, a Câmara Municipal de Sintra recomenda que seja consultado de imediato o posto médico mais próximo ou através do telefone do SNS 808 24 24 24.

Como identificar:

  • Lagartas que estão em crescimento ativo e constroem os ninhos de Inverno designados vulgarmente novelos de seda;
  • As lagartas completamente desenvolvidas abandonam os ninhos e descem as árvores para se enterrarem no solo.
  • Normalmente andam umas atrás das outras em procissão, dai o nome processionária.

A autarquia aconselha a todos – especialmente crianças – evitar ao máximo o contacto com estas lagartas ou semelhantes, nas árvores ou no solo.

Sempre que sejam identificados ninhos ou lagartas informe a Proteção Civil Municipal – 800 21 11 13. 

Agitação marítima até às 12 horas de 19 de dezembro

Agitação marítima até às 12 horas de 19 de dezembro

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo o Distrito de Lisboa para agitação marítima, com altura significativa das ondas (de noroeste) com 4 a 4,5 metros, até às 12h00 de dia 19 de dezembro.

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 211 113.

Agitação marítima com altura significativa das ondas coloca distrito de Lisboa sob aviso amarelo

Agitação marítima com altura significativa das ondas coloca distrito de Lisboa sob aviso amarelo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo o Distrito de Lisboa para agitação marítima, com ondas por vezes com 4 a 4,5 metros do quadrante oeste, até às 21h00 de dia 18 de dezembro.

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 211 113.

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image