Notícias

Intervenção de gestão de combustível em propriedade municipal

A Câmara Municipal de Sintra procedeu à intervenção de gestão de vegetação em propriedade florestal na Serra de Sintra, denominada Saibreira. A intervenção foi efetuada em 11,67 hectares de área protegida que confina com o Parque da Pena e povoação de S. Pedro de Penaferrim. 

Sintra certifica Gestão Sustentável da Floresta

No próximo dia 19 de março às 17h30 terá lugar, na sala da Nau do Palácio Valenças, uma sessão pública de participação livre para dar a conhecer as intervenções florestais de recuperação e conservação da natureza que irão decorrer na Serra de Sintra durante o ano de 2019.

Esta iniciativa, da Parques de Sintra Monte da Lua com a colaboração da Câmara Municipal de Sintra, visa apresentar a visão integrada da gestão ambiental destas áreas, subordinada a preocupações de viabilidade económica e benefício social, para um horizonte temporal de 20 anos, de acordo com os princípios do Forest Stewardship Council (FSC), que certifica florestas com gestão sustentável.

Com a implementação de tais procedimentos, pretende-se que o território que passa agora a integrar a área florestal sob gestão da Parques de Sintra venha a ser certificado pelo FSC, à semelhança das propriedades que esta entidade já geria.

Nas áreas florestais da Serra de Sintra colocam-se múltiplos desafios ao nível da recuperação e conservação da natureza, bem como da valorização da biodiversidade, da proteção da floresta contra agentes abióticos e bióticos e da melhoria das condições para o desenvolvimento sustentável de atividades ao ar livre.

Nesta sessão, pretende-se informar sobre as intervenções previstas, o respetivo planeamento, e assegurar que, na sua implementação, eventuais preocupações da comunidade local e demais partes interessadas possam ser salvaguardadas.

 

Sala da Nau do Palácio Valenças

19 de março de 2019, das 17h30 às 19h00.

Sessão de participação livre

Aviso laranja para agitação marítima

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso laranja o Distrito de Lisboa para agitação marítima entre as 18h00 de dia 06, e as 03h00 de dia 07 de março.

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.

Aviso amarelo para agitação marítima e vento

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso amarelo o Distrito de Lisboa para vento com rajadas até 70 km/h entre a 21h00 de dia 5 (terça-feira) e as 6h00 de dia 6 (quarta-feira) e agitação marítima entre as 9h00 de dia 6 (quarta-feira) e as 12h00 de dia 7 (quinta-feira), com altura significativa de ondas de oeste com 4 a 5 metros, passando gradualmente a ondas de noroeste.

Devem ser tomadas as medidas de prevenção e proteção seguintes:

- Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

- Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;

- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Para mais informações e auxílio em situações de emergência contactar o Serviço Municipal de Proteção Civil de Sintra através do número de telefone 800 21 11 13.

Sabia que...

Uma queima é diferente de uma queimada.

Na QUEIMA o fogo é utilizado para eliminar sobrantes de exploração, cortados e amontoados, já na QUEIMADA o uso do fogo serve para promover a renovação de pastagens e eliminação de restolho e ainda, para eliminar sobrantes de exploração cortados mas não amontoados.

Atenção: A realização de Queimadas carece de licenciamento municipal através do Gabinete de Apoio ao Munícipe ou  Portal do Munícipe, com a antecedência de 15 dias sobre a data da realização da ação.

Veja aqui se pode fazer uma Queima ou Queimada.

Para mais informações poderá contactar o Gabinete Técnico Florestal do Município de Sintra, através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..  

 

Sabia que ...

As intervenções de gestão de combustível no âmbito da defesa da floresta contra incêndio aplicam-se a todo o espaço rural e envolvente aos aglomerados populacionais e industriais previamente definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI).

Os edifícios inseridos em espaços rurais, são obrigados a proceder à gestão de combustível, numa faixa de Largura não inferior a 50 metros, medida a partir da alvenaria exterior do edifício.

Nos aglomerados populacionais industriais inseridos ou confinantes com espaços florestais, e previamente definidos nos PMDFCI, é obrigatória a gestão de combustível numa faixa exterior de proteção de largura mínima não inferior a 100 metros.

Os prazos de gestão de combustível para os privados é até ao dia 15 de março. 

Veja aqui os aglomerados definidos no Plano Municipal das Floresta Contra Incêndios.

Para mais informações poderá contactar o Gabinete Técnico Florestal do Município de Sintra, através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. 

 

sabia que ...

Os sobreiros e as azinheiras são espécies protegidas e que as intervenções de poda ou abate dos exemplares arbóreos carece de autorização do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

A categorização destas espécies arbóreas estão definidas no Decreto-Lei n.º 169/2001, de 25 de maio, alterado pelo Decreto-Lei n.º 155/2004, de 30 de junho.

Para mais informações poderá contactar o Gabinete Técnico Florestal do Município de Sintra, através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

 

 

 

 

Sabia que...

A União das Freguesias de Sintra e a Freguesia de Colares foram definidas a nível nacional como prioritárias na Defesa da Floresta Contra Incêndios.

A Gestão de Combustível consiste na criação e manutenção da descontinuidade horizontal e vertical da carga combustível nos espaços rurais, através da modificação ou da remoção

parcial ou total da biomassa vegetal, nomeadamente por pastoreio, corte e ou remoção, empregando as técnicas mais recomendadas com a intensidade e frequência adequadas à satisfação dos objetivos dos espaços intervencionados.

O prazo de gestão de combustível para os particulares é até ao dia 15 de março.

Mais informações aqui , poderá contactar também o Gabinete Técnico Florestal do Município de Sintra através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .   

 

 

 

Sabia que ...

A limpeza de terrenos na Zona do Parque Natural obedece a critérios específicos de gestão de combustível para salvaguarda da paisagem e dos valores naturais. As intervenções carecem de parecer do Parque Natural Sintra Cascais. 

Mais informação aqui, poderá contactar também o Gabinete Técnico Florestal do Município de Sintra através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Image

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657

Contactos úteis

Polícia Municipal
Tel.: 219 107 210 / 219 107 220

Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra
CLIQUE AQUI

Guarda Nacional Republicana
Tel.: 217 653 240

Polícia de Segurança Pública
Tel.: 219 198 630
Image